Flores de Bach – Cosmogonía de los Valles

Nós, da Garagem, estamos muito felizes de poder publicar a primeira resenha de um de nossos leitores, o Vitor Hugo Toffoli. Se você gosta de escrever resenhas e não tem onde publicá-las ou então quer aparecer no blog, é só nos enviá-la pela nossa página do Facebook. Então, segue agora a resenha do disco Cosmogonía de los Valles, da banda Flores de Bach, pelo Vitor Hugo Toffoli.

“Os Florais de Bach têm sido usados nos últimos 80 anos mundialmente como terapia complementar. Com as 38 essências, você poderá harmonizar suas emoções, trabalhando sutilmente para restaurar o equiíbrio emocional do seu ser”.  Essa afirmação soaria como uma baita  mentira, mas depois de ouvir “Cosmogonía de los Valles”, EP lançado pelos chilenos do Flores de Bach essse ano, confesso que estou muito inclinado a acreditar nessa premissa.

Formado em 2008, na cidade de Valparaíso, no Chile, a banda vem  acompanhando a cena de bandas indie da região, como Lluvia Morada, Niña Ciboulette, entre outras. O trio, composto por  Felipe Ugalde (voz, guitarra), Felipe Valdivieso (voz, baixo), Franco Milesi (bateria, percussão), faz um shoegaze que, nesse EP, assume diversas facetas quando unido ao folk rock e distorções que ecoam o sentimento envolvente e mutante da obra.

Folcados em seus pés, como todo o bom shoegazer, a banda entrega um EP com quatro faixas que desenvolvem o estilo permeado de passagens acústicas capazes de expandir-se em conjunto com os vocais (sublimes) na atmosfera infinita criada pelo som das guitarras, com um baixo presente de dar orgulho a Graham Bailey (The Sound). O ouvinte pego nessa atmosfera é transportado para um ambiente de dispersão contemplativa que aos poucos assume um carater místico, sendo que aqui desfrutamos do misticismo urbano de Valparaíso. Em cada verso cantado, é possível sentir  a nostalgia (“arriba en el cerro, los pajaritos brillan y cuando llega el viento, me escondo en la baía”), o presente sem fim na vida urbana e a felicidade que se perpetua em um meio tão volátil, a qual adquirimos a cada ano em que vivemos em nossos mundos pequenos de grandes significados (hoy iremos a andar allá en el mar /a ver el atardecer /es un carnaval).

A sonoridade produzida em conjunto com as letras permitem que a experiência se mantenha ao longo de quatro faixas com menos de  quatro minutos ( Ainda não consigo acreditar na duração dessas músicas. Para os físicos de plantão, esse ep pode ser usado para experimentar a teoria da relatividade), tornando a experiência mais marcante ainda. Pois afinal, estou aqui lhes falando de 4 músicas com média de 3 minutos, os quais são extendidos em um universo de contemplação permeado de coros, ecos de guitarra, e pela mais pura felicidade.  Os mesmos três minutos que podem fazer o nosso dia valer a pena no mar de incertezas que o cotidiano ironicamente nos coloca à deriva.

Esse EP vem como uma das melhores surpresas do ano. A sonoridade criada pelo Flores de Bach deu a essas quatro canções pequenas a possibilidade de marcar várias vidas, crescendo constantemente até adquirirem todos os contornos do que chamamos instintivamente de clássico. Mesmo que o mundo talvez nunca venha a saber disso.

Anúncios
Etiquetado , , ,

2 pensamentos sobre “Flores de Bach – Cosmogonía de los Valles

  1. […] agradeço meu brother Toffolinho pela descoberta (leiam o review dele pros cara massa do Garagem Suburbana). Depois disso, só tenho a dizer que o Flores de Bach é uma […]

  2. estimados hermanos brasileños,

    muito obrigado por vuestros comentarios y estamos muy felices que les haya gustado nuestro ep.

    esperamos algun dia llevar nuestra musica a Brasil y poder viajara por las bellas montañas y selvas de su pais.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s

Anúncios
%d blogueiros gostam disto: