Cloud Nothings – Attack on Memory

O terceiro álbum da banda Cloud Nothings, Attack on Memory, lançado agora em janeiro é excelente. A banda de Cleveland, Ohio que surgiu em 2009 traz um som pesado que pode ser classificado como noise pop ou então post-hardcore. O álbum traz um som bastante áspero com uma cacofonia de guitarras e gritos.

Um piano leve abre o Attack on Memory e progressivamente ouvimos um vocal meio melancólico repetindo “give up” e assim segue por quase toda a música enquanto os vocais vão se tornando cada vez mais desesperadores e ásperos e então somos atingidos por essa frase: “No future, no past” e que se repete com tanta intensidade que essa raiva e desespero passa para você. Iniciando a segunda música (Wasted Days) começa como um pouco menos agressiva, porém as letras continuam ditando o mesmo tom do álbum inteiro, um descontentamento geral com a vida este descontentamento que é passado para o disco como um som bem cru e abrasivo. Ainda em Wasted Days a música segue para uma seção instrumental que cria toda uma “vibe” no álbum.

Depois de Wasted Days porém, parece que o álbum fraqueja em Fall In quando essa mesma onda criada nas duas primeiras músicas parece que muda um pouco o que fez com que eu me decepcionasse um pouco nessa parte. Mas nada que comprometa totalmente a qualidade do disco.

Após esse lapso vem uma das melhores do Attack on Memory, Stay Useless. Com um refrão impactante “I lay down to stop moving, I lay down to stay useless”. Separation é uma “odisseia” instrumental que passa esses sentimentos do álbum e como continuação está No Sentiment, que começa agressiva jogando vocais gritados. As duas músicas finais são boas, um pouco mais fracas que as outras ótimas músicas do álbum, mas são um BOM final. Porém Wasted Days faria um EXCELENTE final, pois parece que no decorrer do álbum nenhuma música consegue manter o nível de expectativas criada por essa música.

Mas por fim, depois de aproximadamente 34 minutos de muita agressividade e raiva destilada nas guitarras e nos vocais, Attack on Memory é o meu álbum favorito dos que já foram lançados até agora e tenho ouvido ele praticamente todos os dias, vamos esperar que a qualidade dos lançamentos desse ano siga essa marca atingida por Cloud Nothings e faça com que 2012 seja um ótimo ano para a música. Segue então Wasted Days:

Anúncios
Etiquetado , , ,

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Anúncios
%d blogueiros gostam disto: